Armazém

castanha02

Com as duas unidades do Armazém Grindélia, os clientes têm à disposição grande variedade de produtos light e diet e opções para dietas especiais sem lactose e sem glúten, tudo para uma alimentação mais controlada, seja para quem tem restrição alimentar ou para os que desejam uma vida mais saudável.

chia

Alimentos orgânicos ganham espaço

Onze bilhões de reais por ano, esse é o valor movimentado no Brasil pelos agrotóxicos utilizados no cultivo de alimentos. Nosso país ultrapassou, em 2008, os Estados Unidos e agora assume a liderança no consumo desse tipo de insumo. Mas, para evitar que verduras, frutas e legumes cheguem contaminados à mesa, alguns consumidores passaram a movimentar outro mercado: o de produtos orgânicos. Foi pensando nesse público que, desde abril de 2011, o Armazém Grindélia, instalado em uma movimentada avenida de São José do Rio Preto (SP), abre aos sábados uma feira de produtores orgânicos que movimenta o cardápio daqueles que desejam uma alimentação mais segura, saudável e confiável. A empresária Creusa Manzalli de Toledo conta que tudo começou por acaso. “Eu já era consumidora desse tipo de alimento e quando os fornecedores locais foram certificados veio à pergunta: onde comercializar? Aí oferecemos o espaço aos sábados, pela manhã, inicialmente para atender nossa clientela”, afirma. Os clientes, em sua maioria, são pessoas que tiveram problemas de saúde ou são vegetarianos.

Orgânicos

Produto orgânico é aquele produzido em um ambiente que tem como base os princípios agroecológicos de uso responsável do solo, da água, do ar e demais recursos naturais e sociais. Além disso, fica proibido o uso de fertilizantes sintéticos, agrotóxicos e transgênicos. Segundo a empresária, atualmente, cinco produtores levam seus produtos para a feira. Quem chega lá encontra tangerina, abacate, milho, pimenta, pepino, berinjela, limão, abóbora, moranga, mandioca, cenoura, beterraba, rúcula, cheiro verde, alface, almeirão, couve flor, brócolis e muito mais. “Foi uma realização muito grande iniciar esse projeto, pois acho que todos devemos dar as mãos para vencer a luta por uma alimentação mais saudável e natural possível”, afirma Creusa. A repercussão na comunidade gira em torno da qualidade de vida, algo que tem sido buscado nos dias de hoje. “Essa iniciativa vem em um momento onde a maior parte de nossas frutas, legumes e verduras, em todo o país, não têm origem identificada. E pior: agrotóxicos proibidos ou utilizados acima do limite permitido foram encontrados em alimentos numa pesquisa recente do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA). Precisamos repensar o que chega à nossa mesa”, alerta.

Nossas Unidades

Jardim Morumbi

Armazém Unidade 01

17 3216-9505


Avenida Francisco das Chagas Oliveira, 1320 A
São José do Rio Preto - SP

Vila Redentora

Armazém Unidade 02

17 3216-9505


Rua Ondina, 82 A
São José do Rio Preto - SP
 
 

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem