Arroz Integral com Legumes Orgânicos
5 de May de 2014
Protetor solar manipulado garante segurança e personalização ao tipo de pele do cliente
25 de November de 2014
Mostrar todos

Pequena no tamanho, mas com resultados gigantes para quem deseja melhorar a saúde como um todo, trazendo equilíbrio e bem-estar: é a chia, semente de origem mexicana rica em antioxidantes, minerais, ômega 3 e fibras, muitas fibras. “Ela é rica em fibras solúveis que incham em nosso estômago e isso se traduz em saciedade. A chia tem mais fibras que a linhaça, por exemplo, e mais ômega 3 que o salmão”, explica Patrícia Franco, da Farmácia Grindélia. Patrícia lembra que a chia é uma semente calórica, por isso deve ser consumida com cuidado. O ideal, afirma à farmacêutica, é que ela seja substituta de alguma fonte de carboidrato, e não mais uma opção no prato. “Uma colher de sopa da chia é o suficiente. Ela pode substituir a granola no café da manhã ou pode ser misturada em sucos, leite, vitaminas ou mesmo na comida, como feijão ou saladas”, diz. É encontrada em forma de grão, farinha ou apenas óleo, mas também faz parte de muitos produtos industrializados que chegam às prateleiras. Apenas em 2012, 28 produtos alimentícios com a chia na composição, foram lançados no mercado. A chia, por conta da presença do ômega 3, ajuda também a regular o sistema cardiovascular. Com isso, auxilia na manutenção da pressão arterial e é coadjuvante na luta contra o colesterol. Outro ponto positivo que os consumidores da semente têm notado é a melhora da pele como um todo. “Regulando o intestino, eliminando toxinas e combatendo os radicais livres a pele acaba se beneficiando também da ingestão dessa semente”, finaliza Patrícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *