probióticos-farmácia-grindélia-1200x800.jpg

Os probióticos são bactérias benéficas que vivem no intestino e melhoram a saúde geral do organismo.

Quando a flora intestinal está em desequilíbrio (o que pode acontecer após o uso de antibióticos ou por alimentação inadequada, por exemplo), o intestino acaba sendo povoado por bactérias ruins, que não ajudam o sistema imunológico e deixam o organismo susceptível a doenças.

A atuação dos probióticos consiste em promover um aumento das bactérias “do bem” no intestino e, ao mesmo tempo, impedir o crescimento daquelas “do mal”, que podem provocar doenças. Tudo isso ocorre na microbiota (ou flora) intestinal, que é um conjunto de 100 trilhões de bactérias que habitam o nosso aparelho digestivo. Os probióticos ajudam essa população bacteriana a viver em harmonia.

Cada um de nós tem uma microbiota diferente que evolui durante a vida, podendo ser influenciada por diversos fatores, relacionados principalmente ao estilo de vida de cada um. Medicamentos, estresse e alimentação inadequada são exemplos de fatores que podem perturbar o equilíbrio de nossa microbiota.

Uma flora intestinal saudável e rica em probióticos começa a ser formada desde o nascimento, especialmente quando o bebê nasce por parto normal e quando é amamentado com exclusividade durante o início da vida.

Os benefícios dos probióticos são:

– combater e prevenir doenças intestinais, candidíase, hemorroidas, infecção urinária e câncer;

– melhorar a digestão e combater a azia;

– combater a prisão de ventre e a diarreia, regulando o trânsito intestinal;

– aumentar a absorção de nutrientes;

– fortalecer o sistema imunológico;

– impedir a proliferação de bactérias ruins no intestino;

– ajudar a digerir a lactose;

– prevenir problemas como obesidade, colesterol alto, hipertensão, alergias e intolerâncias alimentares;

– ajudar a melhorar o humor.

Por isso, consumir diariamente probióticos ajuda a manter uma microbiota saudável.

Existem duas formas principais de ingerir probióticos: a primeira é feita através do aumento do consumo de alimentos com probióticos naturais. Alguns exemplos são: iogurte natural, kefir, leite fermentado, kombucha, ​produtos orientais à base de soja, chucrute, picles e levedura natural.

E a outra forma de consumir os probióticos é através do uso de suplementos. Eles podem ser em cápsulas, líquidos ou sachês, que devem ser diluídos em água ou sucos naturais para serem consumidos. Quanto maior a diversidade de probióticos e o número de bactérias dentro de um suplemento, melhor será, pois facilitará o desenvolvimento mais rápido de uma flora intestinal saudável.

Atualmente, estão disponíveis vários tipos de probióticos para as farmácias de manipulação, podendo ser feitos suplementos concentrados. Procure a farmácia de manipulação de sua confiança para se informar melhor sobre o assunto.

Lembrando que é importante manter uma alimentação saudável rica em fibras. Elas são os principais alimentos para os probióticos, favorecendo sua sobrevivência no intestino.

Leia nosso post blog sobre a importância da saúde intestinal 

E não se esqueça de consultar médico ou nutricionista caso apresente problemas no funcionamento do intestino.

Conheça fontes veganas de probióticos 

 


Deixe seu Comentário

Seu email não será publicado Campos com * são obrigatórios


Open chat
1
Olá, como podemos ajudar?
Powered by